Vá ... hirto, firme e seguro.

Consciente de que o pé, enquanto suporte do sistema postural, é um elemento de grande relevância para toda a estrutura corpórea, a Lavoro procura produzir calçado profissional que, para além de utilizar materiais inovadores, corresponder às tendências estéticas de cada época e proteger o pé, desempenhe ainda a estruturante missão de preservar o alinhamento adequado dos membros.

A presença de funcionalidades biomecânicas no calçado profissional (amortecimento, controlo de estabilidade e controlo de movimento) visa, para além da correcção de determinadas deficiências anatómicas dos pés, também a sua adequação às diferentes exigências biomecânicas no dia-a-dia de trabalho, de profissão para profissão.







O inevitável chegou.

Hoje, na indústria do calçado, a inovação só é bem sucedida quando se dominam as leis da podologia e da biomecânica. Este é o contexto que motivou a Lavoro a criar o seu Centro de Estudos de Biomecânica (SPODOS), que visa o desenvolvimento e o aconselhamento técnico do calçado mais adequado a cada tipologia de ambiente de trabalho.

Com actividade desenvolvida por técnicos próprios com formação superior nesta áreae por parceiros nacionais e internacionais, o SPODOS procura aprofundar o trabalho de investigação da Lavoro e potenciar a performance do calçado profissional, contribuindo, consequentemente, para um estado geral de boa saúde: um pé sadio, uma correcta postura de todo o corpo e uma sensação de conforto emocional.








Para uma adequada selecção do calçado profissional, têm de considerar-se:

• A biomecânica de funcionamento do pé, no desenvolvimento dos sucessivos ciclos de actividade;
• Os pontos críticos de recepção, distribuição e transferência de cargas;
• A criação e manutenção de uma postura correcta e de equilíbrio durante a actividade;
• A capacidade para desencadear a necessária propulsão e manter o ritmo de passada durante a actividade.

Dependendo do posto de trabalho, o pé está submetido a vários tipos de agressões externas:

• Choque;
• Queda de objectos;
• Compressão lateral;
• Risco de perfuração;
• Temperaturas elevadas ou negativas;
• Materiais corrosivos e/ou inflamáveis;
• Descargas eléctricas;
• Pisos escorregadios e ambientes húmidos;
• Etc., etc., etc...

A principal função do calçado é fornecer:

• Segurança, diminuindo o risco de lesões do pé;
• Protecção;
• Conforto;
• Etc., etc., etc...

Deve-se ter em conta quatro aspectos sob ponto de vista biomecânico:

• Adaptação do calçado à forma e dimensões do pé;
• Adaptação do calçado aos movimentos fisiológicos do pé:
• Capacidade de amortecimentos das cargas derivadas do contacto do pé com o solo;
• Características de anti-deslizamento entre o calçado e a superfície.